HIDE
FALSE

Testemunha conta detalhes sobre TAF da PM que levou jovem a morte em Belém: ‘estava de máscara’

Uma testemunha que também realizou o Teste de Aptidão Física (TAF), do concurso da Polícia Militar do Pará (PMPA), no mesmo dia com o jovem ...

Uma testemunha que também realizou o Teste de Aptidão Física (TAF), do concurso da Polícia Militar do Pará (PMPA), no mesmo dia com o jovem Aelton Braga, contou detalhes do exame que acabou levando o jovem a óbito.


Aelton morreu após concluir as etapas do teste que avalia as condições de saúde física dos candidatos, realizado na última quinta-feira, 4, em Belém.

A testemunha ouvida pelo Portal Roma News conta que Aelton foi levado para o hospital ainda com vida e que teria concluído todas as etapas do teste.

“Ele conclui tudo e no final começou a passar mal”, conta o jovem que pediu para não ser identificado.

Segundo o rapaz, os candidatos tiveram que realizar o TAF usando máscaras, “Tivemos que fazer o teste de máscara, mas era permitido baixar até o nariz para facilitar a respiração”.

Ainda de acordo com a testemunha, uma equipe socorrista fez o atendimento de Aelton que estava consciente e inclusive teria ligado para familiares.

Nenhum comentário